Busque o seu game

29 de ago de 2008

Zool 2

Zool 2 manteve todas as coisas boas do original Zool: velocidade, controles fáceis e gráficos estilo cartoon. Há também algumas melhorias importantes que podem fazer com que você se sinta como se estivesse jogando um jogo novo, e não só uma seqüência superficial. Além da “plástica” nos gráficos, você pode notar “objetos ativos” e “extras” para pegar: pacotes de saúde, escudos, bombas etc.

Você também pode escolher se você quer ser um “Zool” ou um “Zoolie”. Ele traz o mesmo ritmo do Zool 1 – fica entediante rápido demais. Infelizmente, o jogo é quase impossível de se jogar em máquinas rápidas. Eu fui ao inferno e voltei para conseguir fazer o jogo rodar! Se você possuir algo mais rápido do que um Pentium 200 e um banco de memória antigo de 72-pin, você não poderá executar o jogo. Nenhum programa de slowdowns (como o Bremze) que eu conheço me ajudou. Emuladores como DOSBox e máquinas virtuais como VMware não puderam me ajudar também. Então, se você possuir um supercomputador você deveria esquecer, a não ser que você seja realmente bom em desacelerar softwares. Se você conhecer maneiras de se jogar Zool 2 em CPU’s com mais de 500MHz – por favor sinta-se livre para se expressar.








13 de ago de 2008

Tiny Skweeks

Só mesmo os Franceses é que poderiam pensar que M&M's peludos e com garras poderiam dar um grande jogo!. Tiny Skweeks é um jogo de quebra-cabeças onde aparecem pequenas bolas de pelo com grandes dentes, mau hálito e inteligência limitada.

Usando as teclas das setas e a barra de espaços, escolhemos um único skweek de cada vez e movemo-lo numa direcção. É aqui que entra em acção o seu pequeno cérebro, pois o skweek continua a andar até encontrar um obstáculo, tal como uma parede ou um bloco. Para passar de nível, é preciso colocar os pequenos skweeks nas plataformas circulares com a cor correspondente. Todos os skweeks têm de ser guiados para as suas plataformas antes que o cronómetro atinja o zero.







6 de ago de 2008

Zeliard

Zeliard foi feito pela Game Arts em 1987 para o mercado Japonês. Tomem nota desse ano, por favor. "1987" quer dizer que este jogo foi lançado logo após aparecimento do primeiro jogo da série Zelda no sistema NES (Nintendo Entertainment System), e juntamente com esse jogo, Zeliard foi um dos jogos a marcar o género dos RPG. No entanto, pelo nosso critério, este jogo enquadra-se mais como um jogo de arcada. Mais tarde, em 1990, a Sierra importou este jogo para o mercado Americano.

A sua história começou à 2000 anos atrás, quando Jashiin, o imperador do Caos, semeou desastres e destruição nas terras de Zeliard. O Rei de Felishika pediu a ajuda do espírito da terra, e juntos eles conseguiram selar o demónio nas profundezas da terra usando os poderes de nove Cristais Sagrados - As Lágrimas de Esmesanti. Agora, 2000 anos mais tarde, Jashiin conseguiu libertar-se da sua prisão e não está nada contente. Procurando vingança sobre a família real, ele transformou a bela Princesa Felicia de Felishinka em pedra e conjurou uma chuva de areia sobre a terra. Durante 108 dias esta caiu tornando a outrora fértil e verdejante terra num deserto sem vida acastanhado. O lamento de infortúnio do Rei acorda o espírito da terra novamente, que promete mandar um valente e poderoso cavaleiro em auxílio do Rei: Duke Garland.








5 de ago de 2008

3D World Boxing

A primeira coisa que me chamou atenção neste jogo foi a possibilidade de se poder começar a jogar muito rapidamente; não existem menus daqueles cansativos. Vocês escolhem entre um encontro - no qual se seleccionam dois lutadores de boxe - ou um campeonato completo. A seguir define-se o número de "rounds" e a sua duração.

E depois, um encontro fácil entre o primeiro lutador do ranking e o vigésimo primeiro, é uma boa maneira de se começar. Podem divertir-se um pouco com o pobre coitado antes de o colocarem definitivamente estendido no tapete. Bonito, limpo e divertido, mas não oferece nada de especial.









4 de ago de 2008

Hammer Boy

Ainda te lembras daqueles velhos jogos engraçados, sem história, onde simplesmente querias fazer a pontuação mais alta? Bem, Hammer Boy é um desses jogos.
O teu personagem é um rapaz com um martelo (aposto que não estavas à espera desta) e a tua tarefa é proteger a bandeira! Esta por sua vez está colocada no topo da torre por detrás do teu personagem e há vários inimigos que a tentam tirar. Cada ataque dura 99 segundos (vigia o cronometro no canto superior direito) e após isso serás levado para o próximo nível.
Os inimigos tentarão até à tua base ou então danificá-la (no primeiro nível precisas de afastar os Índios, subindo para um forte construído em madeira e disparando flechas incendiárias; no segundo nível estarás num navio pirata; o terceiro terá lugar num castelo medieval; o quarto numa base na Lua; e por aí adiante). Agora, à medida que avanças, tudo fica mais difícil, mas também recebes melhor equipamento. Na base lunar já poderás disparar lasers (quando o teu personagem estiver na extremidade direita ou na esquerda).





 

Jogos, jogos antigos, games antigos, download games, games para pc, abandonware, jogos de computador